“Imprensa do futuro deverá ser gratuita, diz sondagem”

 

A maioria dos responsáveis editoriais da imprensa de todo o mundo considera que os jornais do futuro serão gratuitos, de acordo com uma sondagem da Zogby International para o Fórum Mundial de Editores e para a Teuters.

 

Cinquenta e seis por cento dos responsáveis sondados afirmaram que, no futuro, as notícias, impressas ou em suporte on-line, serão gratuitas, um número superior em 8% em relação ao ano passado.

 

"A evolução do quarto poder não é uma questão de se, quando ou como. Os editores sabem qual é a solução: Inovar. Integrar. Ou perecer", diz o especialista em sondagens John Zogby. 86% dos inquiridos consideraram que a tendência para a integração das redacções que trabalham em suportes on-line e off-line vai crescer e que o telemóvel e a internet serão os principais meios de acesso às notícias nos próximos 10 anos.

 

De acordo com os 704 inquiridos, a maior ameaça ao futuro da imprensa está no declínio do número de jovens leitores de jornais. A ênfase cada vez maior na velocidade da informaçãolevou os inquiridos a considerar difícil que a qualidade da informação venha a melhorar na próxima década.

 

in Público 7/05/08


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt