Embraer quer ajudar Portugal a acelerar o desafio da inovação

 

O presidente da Embraer, Luiz Fernando Fuchs, que está em Portugal para participar no Plano de Qualificação do Sector Aeronáutico, diz que a melhor forma para contornar a crise “é apostarmos constantemente na inovação e este é o desafio que têm as organizações portuguesas e penso que o nosso investimento em Évora poderá ser uma oportunidade para acelerar esse processo”.

 

[Ver artigo completo em Jornal de Negócios on-line 24/3/09]

 

 

Relembro que no ano passado tive a honra de convidar e receber no 8.º Venture Capital IT, Ozires Silva como orador. Ao lado, numa fotografia com Ozires Silva, durante o evento do VCIT. Abaixo apresento o discurso que dirigi a este grande empreendedor por ocasião do lançamento em Portugal do livro "Cartas a um jovem Empreendedor" e coloco ainda à disposição o seu discurso na conferência.

 

DISCURSO DO LANÇAMENTO DO LIVRO DE OZIRES SILVA

“CARTAS A UM JOVEM EMPREENDEDOR” 

 

O Engº Ozires Silva é, indiscutivelmente, uma personalidade de referência do Empreendedorismo, no Brasil, e um grande exemplo a ser seguido em qualquer parte do mundo.

 

O seu percurso e as suas qualidades pessoais, como a competência e a determinação, falam por si. Todo o caminho que percorreu como empreendedor, vencendo os mais diversos desafios até conseguir edificar um dos raros ícones brasileiros da indústria de alta tecnologia – a EMBRAER – merece a nossa maior admiração.

 

E, por isso, era para mim imperativo trazer a Portugal alguém com uma dimensão humana e uma vivência, de tal forma notáveis, que por si só não são comportáveis nem acomodáveis nos limites de um mero discurso sobre o lançamento de um livro.

 

E essa vivência – ou, pelo menos, parte importante dela – é narrada neste livro de Ozires Silva que não é mais do que uma admirável lição sobre como o desejo, o entusiasmo e a determinação podem contribuir não apenas para a realização pessoal de um empreendedor, mas também para o bem-estar de toda uma sociedade. Trata-se de um livro que é feito com uma história, contada na 1ª pessoa, sobre a importância do sonho. Ao longo deste relato humano, todos os nossos sentidos se despertam e as nossas emoções são desafiadas perante a riqueza de detalhes com que o autor descreve cada momento das acções que o levaram a passar do sonho à realidade.

 

Um sonho que, desde muito cedo, começou a ganhar forma, quando era ainda um menino de 15 anos de idade que vivia numa pequena cidade do interior paulista. E, sobre estes momentos marcantes que levaram o autor a pensar nos primeiros passos que o poderiam transformar em empreendedor, não resistirei a citar as seguintes frases:

“Era uma quinta-feira e eu, um garoto de 15 anos, chegara em cima da hora ao colégio onde estudava, em Bauru. Entrei na sala de aula apressado, segundos antes do professor.

Mal havia me acomodado em minha carteira quando ele lançou no ar uma pergunta:

– Alguém sabe dizer o que se comemora no dia de hoje?

Ainda ofegante, resolvi arriscar:

– Os 40 anos do primeiro voo de um avião mais pesado do que o ar.

– Certo! – disse o professor, com ar de quem não esperava que alguém na turma tivesse na ponta da língua a resposta para a questão que apresentara.

Quarenta anos antes, em 23 de Outubro de 1906, o brasileiro Alberto Santos-Dumont havia decolado com o seu 14-Bis do Campo de Bagatelle, em Paris …”

“Nunca, antes daquele dia, o homem havia conseguido criar um objecto capaz de sair do chão com suas próprias forças. Depois de acertar o desafio que fora lançado à turma inteira, foi minha vez de perguntar:

– Se o Brasil é um país tão grande e que teve Santos-Dumont, por que nós não fabricamos aviões?

Naquela altura eu já era um apaixonado por aviação. Pelo que me recordo, aquela foi a primeira vez que pensei na possibilidade de fabricar aviões no Brasil. Aquela ideia ficou na minha cabeça durante a aula inteira.”

 

Estas breves citações, levam-nos a reflectir sobre a importância que a primeira etapa de um empreendimento assume na vida de um empreendedor e que é indispensável para qualquer passo à frente que se pretenda vir a dar. Levam-nos, igualmente, a reflectir sobre a importância do ambiente em que vivemos – fundamental para potenciar a vocação empreendedor – e no qual a Escola assume um importante papel ao nível do desenvolvimento das competências empreendedoras que se manifestam, desde muito cedo, nos jovens estudantes. Mas este Livro é também uma lição valiosa sobre os relacionamentos humanos pois e parafraseando, mais uma vez, o autor “ Todo o mundo que tem o sonho de empreender ou que planeja fazer algo relevante na vida aumenta suas chances de ir mais longe caso consiga contar com um parceiro para compartilhar de suas ideias.” É, ainda, um importante relato sobre as qualidades que permitem ao empreendedor levar o seu sonho adiante, como a persistência, a flexibilidade e a dedicação.

Ozires Silva, é, pois, o grande exemplo a ser seguido por todos os que acreditam que o sonho, aliado a um bom planeamento e a uma boa gestão, transforma a realidade e aproxima um País do seu futuro.

Estou seguro que os leitores partilharão desta minha opinião.

 

 

Find more videos like this on www.truveo.com.


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt