As empresas e o capital de risco

Frequentemente as empresas vêem o Capital de Risco como uma forma de financiamento da sua actividade corrente, ou de refinanciamento da empresa, num quadro dum qualquer processo de reestruturação financeira.

Mas a maior parte dos investidores em capital de risco não se interessa por este tipo de operações.

O Capital de Risco é essencialmente uma forma de co-financiar novos projectos com um significativo potencial de criação de valor, sejam estes projectos de raiz (seed, start-up), ou projectos envolvendo empresas existentes (expansão/internacionalização ou projectos de MBO/MBI).

É pois indispensável que os promotores dos projectos vejam as Sociedades ou os Fundos de Capital de Risco como futuros parceiros, aos quais se propõe uma oportunidade de negócio na qual promotor e investidor financeiro assumem o mesmo risco na mesma na expectativa de retorno.

A concretização deste negócio com uma Capital de Risco requer, da parte da empresa e do empreendedor, de uma perspectiva e uma abordagem muito diferente do simples “pedido de um financiamento”.

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt