Escolas e Professores Verdes

As crianças são impiedosas! Quando aprendem algo em casa, só descansam quando toda a família está a par da novidade e a por m prática todas aquelas aprendizagens novas.

Vejam a reciclagem, ouvem falar sobre isso na escola e, quando menos esperamos, ali estão energicamente a contar-nos todos os pormenores sobre a separação dos lixos. Eles acreditam que conseguem fazer tudo. E têm razão. Os professores com consciência ambiental e as escolas estão a ajuda-los a começarem este caminho para um futuro sustentável.

Segundo dados da organização sediada nos EUA Green Building Council uma escola que tenha preocupações ambientais poupa muito dinheiro, na ordem dos 140.000 € por ano nas contas, dinheiro que pode ser empregue em salários, livros, etc… Ainda segundo esta organização estas escolas apenas são 1 a 2% mais caras, custo este que é rapidamente recuperado quando as contas começam a baixar drasticamente.

Toda esta mudança contribui, igualmente, para a criação de objectivos comuns entre os professores, alunos e funcionários, elevando o espírito moral.

Que oportunidades é que esta tendência para as escolas se tornarem mais sustentáveis, apresentam aos eco-empreendedores?

Uma das mais evidentes é a criação de uma escola privada, totalmente verde na sua construção, nos currículos, nas práticas do dia-a-dia. Lembrem-se que para que esta seja bem sucedida todas estas medidas devem partir das fundações da escola, não da Direcção, ou seja, devem ser negociadas.

Outro boa oportunidade é o fornecimento de serviços verdes a escolas, desde os currículos, a alimentação, entre tantos outros.

Vejam que a criação destas escolas vão criar novas oportunidades de crescimento da indústria e venda de painéis solares, por exemplo.

Considero que neste processo vital de mudança os professores terão que ser empreendedores para terem iniciativa e arriscarem tornar as suas escolas mais sustentáveis.

 

Esta é uma tendência que se observa já no ensino superior. Veja como este grupo tem encorajado soluções de sustentabilidade no ensino superior, Second Nature of Boston, Massachusetts.

Sistematizando algumas oportunidades de negócio para escolas e professores sustentáveis:

1.    Abrir uma escola sustentável

2.    Estar envolvido no processo de construção de edifícios sustentáveis

3.    Providenciar comida saudável e sustentável aos estudantes

4.    Criar campos de ferias sustentáveis

5.    Criar conteúdos curriculares sustentáveis

Tornar este mundo mais sustentável é um caminho empreendedor por natureza e só mesmo os jovens para o fazerem, o poder de renovação das novas gerações é tão poderoso como as energias renováveis.

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Recent Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt