Frases que fazem pensar

Entrevista a Eduardo Catroga, ex-ministro das Finanças e orador do próximo Encontro Gesventure.

«O antigo ministro das Finanças defende que a gestão dos ‘dossiers’ de empresas em processo de insolvência deve passar por empresas profissionais, como os fundos de reestruturação de empresas e que o Estado poderá participar através do capital de risco.

Concorda que o Ministério da Economia intervenha em empresas com dificuldades no pagamento de salários, como é o caso da Rohde?

Não quero pronunciar-me sobre casos concretos, mas em termos gerais o Estado deve deixar ao sistema bancário a gestão dessas situações. Normalmente, são empresas com dívida elevadas. Mas eu não conheço em concreto a situação dessa empresa [Rohde]. Existe um fundo de reestruturação de empresas disponível para acudir a essas situações. O sistema bancário deve ser o primeiro a desejar a recuperação das empresas. [A gestão desses ‘dossier’] deve ser entregue a profissionais, a fundos de reestruturação e deve-se criar um plano de viabilização para esses casos. Isso tem de ser retirado da esfera política.»

in Diário Económico, 3/11/09


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2018 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt