testemunho pessoal

 

Excertos de uma entrevista concedida a dois estudantes da Universidade de Barcelona.

 

PARTE 2

Las competencias emprendedoras, espirito empreendedor, comunicacion eficiente y efectiva, liderazgo, creatividad, trabajo en equipo, orientacion al logro, orientacion al cliente, relaciones interpersonales, tolerancia a la frustracion, proactividad comercial fueran importantes en todo lo projecto?

Na fase inicial do arranque da minha actividade empresarial foi fundamental a proactividade comercial que possibilitou a angariação de clientes interessados na prestação de serviços que tinha a capacidade de executar em particular os serviços de contabilidade. Nesta fase os serviços eram executados por mim próprio e com o apoio de uma administrativa que funcionava como o meu back office pelo que foi extremamente importante as minhas capacidades de relacionamento interpessoal pois foram estas que permitiram ganhar a confiança dos meus clientes que viam em mim e nos meus serviços a resolução dos problemas que eles tinham na obtenção dos dados necessários a uma melhor tomada de decisão na gestão dos seus negócios.

 

Ha medida que os clientes se tornaram satisfeitos com os serviços prestados foram passando a palavra a outros empresários o que veio tornar necessário a admissão de novos colaboradores para fazer face a este aumento de actividade.

Nessa altura vieram ao de cima algumas características que se tornaram fundamentais para que passados 23 anos sejamos considerados a empresa de referencia na prestação de serviços de gestão e contabilidade conforme o demonstra o facto de termos na nossa carteira de clientes empresas multinacionais como a Motorola, Lego, Kellogs, Interpublic, Reuters.

 

Nestas características merecem especial referencia a i) perseverança essencial na criação de auto defesas contra a frustração de iniciativas que nem sempre conseguimos materializar quando pensamos ii) clareza estratégica fundamental para a identificação de oportunidades e transmissão da visão à nossa Equipe iii) trabalho de equipe como elemento base à superação das dificuldades/oportunidades que dia a dia nos sao colocadas quer pelos clientes quer pelos diferentes parceiros com que nos relacionamos iv)  liderança transmitida de forma clara e transparente  com vista a dotar a Organização de uma Cultura que permita  aprender que a Gestão se faz com rupturas, com risco e alguma ousadia pois só por si a programação e a prudência não fazem a diferença e esta só acontece se a nossa Equipa tiver condições que a inspirem e motivem, v) Criatividade e Inovarão como vectores essenciais para que pudéssemos estar sempre dois passos à frente da concorrência quer aquelas se manifestassem na forma como processamos os nossos serviços quer na identificação de novas áreas de negocio em que beneficiamos de sinergias e de vantagens competitivas como foi o caso da Gesventure – Angariação de capital de risco e corporate finance e a GesEntrepreneur – ensino de empreendedorismo sustentável.

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt