Incubadoras reduzem risco de mortalidade entre startups

 

Partilho a notícia que encontrei na Revista Exame- Brasil sobre a ligação entre a sobrevivência de start ups e a sua permanência em incubadoras: a mortalidade das empresas incubadas no Brasil é de 20%.

 

“São Paulo – O ambiente de uma incubadora, como o nome sugere, é ideal para ajudar um empreendedor a amadurecer sua ideia e ser capaz, depois de um tempo, de caminhar com as próprias pernas. Há 28 anos no Brasil, o movimento de incubação de empresas evoluiu, mas ainda é menor do que em outros países, como Estados Unidos.” (…)

 

Continue a sua leitura em http://exame.abril.com.br/pme/startups/noticias/incubadoras-reduzem-risco-de-mortalidade-entre-startups

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt