O empreendedorismo faz parte do ADN ou pode ser ensinado?

A conclusão de um estudo do Babson College é a de que se um aluno receber formação em empreendedodrismo, isso pode “influenciar positivamente” esse aluno a criar o seu próprio negócio.

Este é um dos pilares da empresa do grupo Gesbanha, a GesEntrepreneur, que tem vindo a desempenhar um importante papel no ensino do empreendedorismo a alunos de escolas de diversos concelhos do nosso país.

Mas existem outros resultados do mesmo estudo que merecem reflexão, o facto de ter pais empreendedores não afecta o caminho empreendedor de um aluno, a insatisfação com o emprego irá incentivar ao empreendedorismo e que os homens têm mais probabilidades de serem empreendedores do que as mulheres.

Não deixe de ler o artigo “Are Entrepreneurs Born or Taught?” em Inc.com .


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt