Outsystems obtém investimento de mais de 50 milhões

Com Paulo Rosado, CEO da Outsystems em Maio de 2004

Com Paulo Rosado, CEO da Outsystems em Maio de 2004

O dia de ontem foi marcado por uma notícia extremamente importante ( vidé www.jornaldenegocios.pt com mais pormenores) para o Ecossistema Empreendedor Nacional, dado que uma das suas empresas de referência, Outsystems de seu nome, fechou uma ronda de financiamento superior a 50 milhões de euros (55 milhões de dólares) com o fundo de capital de risco norte-americano North Bridge.

De facto, ao ter conseguido atingir esta fantástica performance o líder da Outsystems, Paulo Rosado, veio demonstrar que, quando acreditamos nas nossas convicções, nos rodeamos de equipes competentes e conseguimos mobilizar os recursos adequados à implementação das nossas estratégias empresariais, também é possível associar a marca de Portugal ao sucesso no mundo dos negócios, de cariz global.

Porém e contrariamente ao que muitos pensam o sucesso das nossas ideias nem sempre se encontra ao virar da esquina sendo antes o resultado de um conjunto de decisões que se vão tomando, independentemente de algumas delas não proporcionarem os retornos pretendidos, à medida que vamos amadurecendo as nossas competências e merecendo a confiança dos nossos clientes e investidores.

Tendo tido a felicidade de me cruzar com o Paulo Rosado, num período crítico do seu processo de crescimento, nomeadamente quando se encontrava a desenvolver o processo de angariação de capital do seu 2º round de financiamento – o primeiro tinha sido com um fundo de capital de risco holandês (NeSBIC) – não podia deixar de aproveitar a presente oportunidade para recordar um momento particularmente marcante da vida da Outsystems, verificado no já longínquo mês de Maio de 2004, no decorrer do IV Congresso Internacional de Capital de Risco e Empreendedorismo realizado pela Gesventure.

Foi precisamente do decorrer do citado Congresso e após ter participado numa das primeiras sessões de Elevator Pitch, realizadas no nosso País, que o empreendedor Paulo Rosado captou o interesse do Presidente da PME Investimentos, Dr. João Vicente Ribeiro, ao ponto de ter conseguido angariar o montante de 2,2 milhões de euros, com os quais veio a desenvolver a sua plataforma tecnológica que catorze anos mais tarde se encontra a ser utilizada por mais de 600 clientes empresariais presentes em cerca de 33 países.

Paulo Rosado, CEO da Outsystems durante o IV VCIT

Paulo Rosado, CEO da Outsystems durante o IV VCIT

Parabéns ao Paulo Rosado, a toda a Equipe da Outsystems e a todos os administradores – antigos a actuais – das Sociedades de Capital de Risco portuguesas, públicas e privadas, que desde a primeira hora acreditaram ser possível desenvolver através de Portugal e com o recurso ao talento dos nossos engenheiros portugueses, uma empresa que se tem vindo a afirmar com uma referência nos mercados tecnológicos mundiais.

Para todos os restantes empreendedores, principalmente aqueles que como o Paulo conseguiram angariar capital de risco no citado Congresso ou nos Congressos seguintes, que não conseguiram materializar com sucesso os seus projectos não posso também deixar de lhe enviar um forte abraço de consideração uma vez que também eles contribuíram e muito para que o nosso actual Ecossistema Empreendedor atraia cada vez mais o interesse de investidores internacionais e, o mais importante para mim, consiga atrair um número cada vez maior de jovens para o fantástico “ jogo” da criação empresarial.


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels"). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2018 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt