Energias renováveis e eficiência energética nas indústrias vão gerar 37 Mil Milhões empregos até 2030

 

Devido à crise financeira de 2007, muitas das industrias tradicionais estão em perigo, porque os recursos já não estão totalmente disponíveis, estão a poupar em vez de gastar e as instituições financeiras estão em confusão total. Para que estas indústrias sobrevivam enquanto negócios têm mesmo, agora mais que nunca, que inovar. Estamos na fronteira de uma economia nova, uma economia que acompanha as tendências dos consumidores. Tendências cada vez mais sustentáveis, ligadas à preservação e viradas para um consumo regrado.

 

O financiamento dos bancos é cada vez mais complicado. Por outro lado, os consumidores não querem acumular dividas. Por isso, a preservação começa a ser um tema comum, tanto a um nível micro, famílias, comunidades, como, a níveis mais macro, empresas, politicas publicas. Conceitos como vida verde, vão tornar-se, em breve, sinónimos de estilos de vida sustentáveis, acessíveis e viver dentro dos nossos meios. Se isto é o que significa ser verde, então que seja, os consumidores vão querer viver vidas mais sustentáveis e as empresas devem adaptar-se.

 

Os economistas dizem que o investimento em energia eficiente e estratégias de energias renováveis pode criar 2 Mil Milhões de empregos nos próximos 2 anos. Dizem mesmo que 1 em cada 4 trabalhadores, nos EUA, estarão a trabalhar nas industrias das energias renováveis e de eficiência energética, por volta de 2030, de acordo com um relatório recente da American Solar Energy Society.

 

 

A minha grande questão é: Será que as empresas portuguesas vão acompanhar esta tendência?

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Recent Articles

Um comentário a “Energias renováveis e eficiência energética nas indústrias vão gerar 37 Mil Milhões empregos até 2030”

  1. Gonçalo Aranha says:

    Caro Dr. Francisco Banha
    Somos obrigados a tanta coisa, porque não a exigência da instalação de paineis fotovoltaicos nos novos edifícios e um prazo alargado para a instalação nos antigos?
    “Basta” haver vontade política!
    “Basta” romper os interesses instalados!
    “Basta” a anuência dos ambientalistas!

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt