Responsabilidade social e ambiental na base da gestão de uma Pousada

 

Quem se for hospedar na Ilha do Mel, no litoral do Paraná, Brasil, não se surpreenderá se, ao entrar na pousada, levar um “sermão” ambientalista do proprietário. Victor Hugo Martirena, argentino a residir no Brasil há mais de uma década e fundador da Pousada da Caraguatá, inspira a consciência ambiental de todos os turistas antes de os acolher. Para este empreendedor a responsabilidade social e ambiental são a prioridade na gestão da sua Pousada. As calhas no telhado para reaproveitar a água da chuva, o sistema de tratamento de efluentes, o cuidadoso controlo do lixo e até a máquina de lavar loiça que economiza água na lavagem, reflectem a preocupação do proprietário.

 

Martirena divide, aliás, a gestão da Pousada em duas fases distintas: antes e depois do programa de formação “Bem Receber”, dado por uma das principais agências brasileiras de apoio ao empreendedorismo. Após este programa, o proprietário decidiu aumentar os salários, pagar formações aos seus colaboradores e investir na sustentabilidade ambiental do seu negócio. Começou a fazer o tratamento de efluentes antes de devolver a água de esgoto ao solo e a ter uma conversa sobre o ambietnte com cada hóspede. Surgiu, assim, um serviço de maior qualidade, passível de ser melhor cobrado e, claro, uma pousada com um conceito forte e actual. A consequência foi o cresceimento em 30% do lucro da Pousada de Caraguatá.

 

Saiba mais em www.caraguata-ilhadomel.com.br

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt