Empreendedorismo Estratégico

Encontrei este fantástico artigo no blog de Dora Almeida, sobre empreendedorismo estratégico e os vários contributos teóricos que têm sido acrescentados a este conceito nos últimos anos, no Brasil e no mundo. Recordo, a este propósito, que a GesEntrepreneur, empresa do Grupo Gesbanha, ensina empreendedorismo portuguesas nas escolas desde 2006.

Alves (2007) ressalta que o termo empreendedorismo há muito tempo é utilizado no Brasil, isto é, desde a época do Visconde de Mauá.

E mais recentemente, as universidades ensinam importância desta acção dentro de uma empresa.

Mas, foi a partir de 1990, quando o SEBRAE começou a preocupar-se com certa profissionalização do típico empreendedor brasileiro que esse termo começou a ter uma maior propagação.

No Brasil, a preocupação com a criação de pequenas empresas que sejam duradouras e a necessidade da diminuição das altas taxas de mortalidade desses empreendimentos são, sem dúvida, motivos para a popularidade de o termo empreendedorismo receba especial atenção por parte do Governo Federal e das entidades de classe.

Desta maneira os empreendedores estão abertos à ideia de que, muitas vezes a união com seus próprios concorrentes pode significar agregação de diferenciais competitivos que virão a influenciar uma sobrevivência eficaz num mercado cada vez mais seletivo e exigente.

Continue a sua leitura: http://doraalmeida.blogspot.com/2010/12/empreendedorismo-estrat%C3%A9gico.html


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt