Exportação: empresas portuguesas de malhas crescem e ganham notoriedade internacional

Partilho um interessante artigo de Jorge Lascas, formador e consultor, publicado no ISEG Alumni, sobre o crescimento e notoriedade que as empresas portuguesas de malhas têm ganho a nível internacional, graças à sua capacidade de inovar.

Recordo que no VCIT 2010 a Gesventure atribuiu o “Prémio Gesventure Inovação” à empresa Rosários 4, especialista em tinturaria de fios e sua comercialização.

“As empresas portuguesas de malhas têm vindo a crescer e a ganhar notoriedade internacional, quer através de clientes de renome, como Lacoste, Burberry, Kenzo, Dior ou Balenciaga, quer através da aposta na inovação, atraindo cada vez mais clientes para uma área da ITV nacional que exporta quase 100 milhões de euros anualmente.

Depois de um aumento de 9,3% das exportações de tecidos em malha em 2010, para mais de 99,5 milhões de euros, o ano de 2011 começou com um crescimento de 38% das exportações deste tipo de produto em Janeiro, para os 8,91 milhões de euros, revelando a importância que este sector tem para a Indústria Têxtil e Vestuário (ITV) nacional e a sua notoriedade em termos internacionais.” (…)

Continue a sua leitura em linkedin.com


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt