Novo Livro: Gestão Estratégica

 

O meu amigo António Robalo Santos traz-nos um novo livro, desta vez sobre Gestão Estratégica. Uma autêntica referência para quem procurar perceber melhor como devem ser geridas as organizações ao mais alto nível. Ideal para gestores bem como para estudantes.

 

Destaco ainda o prefácio redigido por Jorge Vasconcelos e Sá onde reflecte sobre a evolução do estudo da estratégia.

 

 

 

Sobre o Autor

 

Mestre em Gestão na especialidade de Estratégia, e licenciado em Gestão com especialização em Finanças, pelo ISEG (UTL), possui larga experiência empresarial, tendo desempenhado funções de responsabilidade em diferentes áreas de prestigiadas empresas nacionais e multinacionais.

 

Em paralelo, exerceu funções docentes no ensino superior, e tem desenvolvido intensa actividade de consultoria e de formação de quadros.

 

É também autor das seguintes obras:

 

» Outsourcing e Flexibilidade — Uma Ferramenta de Gestão para o Século XXI, Colecção Textos de Gestão, Texto Editora, 1998. ISBN: 978-972-47-1269-7

 

» Gestão de Frotas — O Outsourcing como Alternativa Estratégica, Colecção Textos de Gestão, Texto Editora, 1999. ISBN: 978-972-47-1402-8

Resumo do Livro

 

Pensar estrategicamente a Gestão muito ficou a dever aos ensinamentos milenares sobre estratégia militar compilados a partir dos escritos atribuídos a famosos generais da China antiga, como T’ai Kung e Sun Tzu, às contribuições mais recentes de outros eminentes estrategas militares (de que se destacam Clausewitz e Liddell Hart), e à própria evolução do pensamento em Gestão, sobretudo a partir do início do século XX, fortemente impulsionada, nas décadas de 1940 e 1950, pelos trabalhos de Peter Drucker.

Mais recentemente, a profusão de conceitos, teorias, modelos e instrumentos constantes de trabalhos publicados sobre Gestão Estratégica, em especial da que respeita às empresas, tem gerado alguma confusão e perplexidade.

O presente livro surge, assim, com o objectivo de reunir, analisar, organizar e estruturar, num só texto, de forma sucinta, crítica, articulada e consistente, o que de mais relevante existe sobre as teorias e práticas da Gestão Estratégica das organizações.

Destinando-se a contribuir para a melhoria dos conhecimentos sobre gestão estratégica de um grupo relativamente heterogéneo de pessoas (com formação escolar, experiência profissional e conhecimentos de economia da empresa de nível muito diverso), procurou-se elaborar um texto em linguagem simples e acessível, norteado pela preocupação de definir e caracterizar o significado preciso dos conceitos e termos utilizados e pontuado por inúmeros exemplos.

Dos temas tratados, destacam-se os seguintes:

  • Capítulo I — Introdução e definição de alguns conceitos genéricos de base, relacionados com a gestão.

  • Capítulo II — Génese e caracterização detalhada das principais abordagens que marcaram o desenvolvimento do pensamento em gestão.

  • Capítulo III — Definição de conceitos (estratégia, táctica, segmento de mercado, grupos estratégicos, etc). Princípios intemporais da estratégia (ataque, defesa, concentração e foco, informação e desinformação, análise e planeamento, acção, segredo/surpresa, liderança e motivação), tipos de estratégias de ataque (ataque frontal, flanqueamento, cerco, bypass e guerrilha) e defesa (defesa estática, defesa móvel, ataque preventivo, contra-ataque e retirada), e critérios de selecção da estratégia a adoptar.

  • Capítulo IV — Descrição e análise da evolução do pensamento em gestão estratégica e dos principais instrumentos e ferramentas de apoio à análise, reflexão, formulação e implementação de estratégias e tácticas organizacionais.

  • Capítulo V — Modelos de planeamento e gestão estratégica. Definição de conceitos. Escolas de pensamento estratégico. Modelo de gestão estratégica convencional. Modelo de gestão estratégica do Balanced Scorecard (BSC).

  • Capítulo VI — Gestão estratégica de organizações sem fins lucrativos. Adopção do modelo de gestão estratégica do BSC por parte de organizações sem fins lucrativos.

  • Capítulo VII — Perspectivas de evolução da gestão estratégica. 

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt