Que Indústria de Capital de Risco?

Hoje deixo aqui o que na minha opinião deveria ser feito pelo Governo para o incremento do mercado português de Capital de Risco:

a) Definição clara de uma estratégia de desenvolvimento do Capital de Risco, como forma de apoio a projectos de raiz ou de empresas já existentes (micro empresas, PME’s e outras) através do reforço de acções práticas levadas a cabo pelos agentes dependentes do governo (IAPMEI, SCR/FCR públicas /CGD, SPGM e outras).

b) Criação de um regime fiscal para os ICR (BA’s) que incentive a actividade dos mesmos e estimule o seu apoio e envolvimento em projectos / empresas.

c) Criação de Fundos de Co-Investimento com Business Angels de forma a alavancar esta importante actividade de apoio ao Empreendedorismo qualificado.

d) Promoção da formação em Empreendedorismo nas escolas e universidades com o apoio de entidades vocacionadas e especializadas neste tipo de formação.

Amanhã partilharei convosco a forma como pretendemos que a FNABA dê o seu contributo a esta dinamização.

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt