A caminho do futuro. Em Coimbra

Artigo de Norberto Pires, Professor Auxiliar da Universidade de Coimbra; Editor do Jornal "Robótica"

Coimbra está a prestar atenção a essa valência, verdadeiramente central, no século XXI que é o conhecimento. A Universidade percebeu que é fundamental que se ligue ao mundo das empresas, criando valor a partir do conhecimento que gera, apoiando as empresas, transferindo conhecimento, incubando ideias e empresas, colaborando na instalação de áreas de negócio estratégicas e apoiando as iniciativas locais que visam dar corpo ao empreendedorismo e inovação criando valor e emprego. Mas é preciso melhorar e actuar de forma coordenada. Isso faz-se com tempo e aprendendo a trabalhar em conjunto. Sinto falta de estruturas de capital semente e de risco, vocacionadas para apoiar a iniciativa empresarial da região. É importante caminhar de forma célere nesse sentido.

Coimbra precisa de incentivar mais o empreendedorismo de crianças e adolescentes. É necessário que os jovens percebam que muito provavelmente terão de gerar as suas próprias oportunidades, contando com o que aprenderam e com a formação específica que tiveram. Isso significa alertar, divulgar, organizar pequenas sessões e cursos, aproximar as escolas das empresas, da Universidade e centros de I&D. As palavras-chave do futuro são "conhecimento" e "empreendedorismo", seja qual for a área de actividade que escolham no futuro.

artigo completo in As Beiras Online 20/07/09


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt