O empreendedor do lixo

Numa visita recente ao blog de um empresário norte-americano encontrei uma história original que se aplica ao contexto actual.

Este empresário conta que lhe tocou à campainha de sua casa um senhor relativamente jovem, munido de umas grossas luvas de borracha azuis e lhe disse algo como “Bom dia! Perdi o meu emprego e estava louco em casa sem fazer nada. Presto um serviço- limpo a sua lata de lixo, 10 dólares por uma, 15 dólares por duas. Uso uma mangueira de pressão e lixívia industrial e esfrego as latas manualmente.”

A determinação deste “empreendedor do lixo” fez o autor do blog aceitar, de imediato, estes serviços. E o facto de ter as suas latas de lixo sujas ajudou…

A verdade é que este empreendedor, ex-vendedor desempregado, descobriu uma oportunidade: um serviço único, que mais ninguém presta e para o qual há disponibilidade para pagar. Adicionou um pequeno investimento em produtos de limpeza industrial e claro, uma boa dose de trabalho duro e…”sujo”! O “empreendedor do lixo” anda de porta em porta, limpa o lixo da casa das pessoas à mão e, segundo afirma, lucra entre 400 a 500 dólares por dia. Tem tido ocasiões em que necessita já de contratar um colaborador, tal é a procura.

Perder o emprego como vendedor não estava sob o controlo deste homem; agora, arregaçar as mangas, ficar sujo e agir, fazendo algo acontecer, foi uma decisão consciente deste “empreendedor do lixo”.

De facto, este não é um (micro) negócio glamoroso, daqueles que enchem as páginas da comunicação social. Não é um negócio com o qual sonhemos ou nos imaginemos a exercer, possivelmente nem este ex-vendedor o imaginaria antes de ficar desempregado.

Como se diz em inglês “Opportunity is what you make of it”.

 

Saiba mais em: http://www.jeremyhanks.com/

 

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt