Empreendedorismo: empresa de calçado criada numa garagem já factura 10 milhões

« Nasceu «numa pequenina garagem em Oliveira de Azeméis com menos de 100 metros quadrados». Este ano espera facturar “ntre os 11 e 12 milhões de euros”.

 

Criado há 23 anos numa pequena garagem em Oliveira de Azeméis, o grupo de calçado Catalá fatura hoje mais de 10 milhões de euros e, alheio à crise económica, acaba de adquirir uma empresa falida e planeia contratações.

 

[…]

 

Vinte e três anos após ter nascido «numa pequenina garagem em Oliveira de Azeméis com menos de 100 metros quadrados», a Catalá prevê faturar este ano «entre os 11 e 12 milhões de euros», mais 42 por cento do que 2009, e assegura já 170 empregos directos e mais 200 em regime de subcontrato. »

 

Fonte: Agência Financeira


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

Um comentário a “Empreendedorismo: empresa de calçado criada numa garagem já factura 10 milhões”

  1. Jorge Pires says:

    Estas áreas ditas mais tradicionais podem não encantar muito o capital de risco (que em parte vive da expectativa da especulação capitalista das tecnologias) no entanto muitas das histórias de sucesso de empreendorismo que não fazem parangonas dos media nasceram e cresceram assim. E veja-se as dicas do post anterior sobre empreendorismo bootstrapping de Guy Kawasaky.

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt