Gratidão, tempo e Oportunidades

 

A YEN Portugal é uma rede social constituída por pessoas que partilham as suas ideias, o seu networking, estando dispostas a ajudar terceiros. Sou membro desta rede, fundada pelo promissor jovem empreendedor Jaime Domingos Henriques que hoje enviou este bonito texto que partilho convosco e que espelha a relevância da participação em concursos de ideias de negócio, como aqueles que a GesEntrepreneur promove.

As oportunidades e o tempo são para mim os dois elementos mais
importantes que alguém me pode dar, o mais importante que recebi até
hoje. Estes dois elementos representam para mim elementos escassos na
sociedade actual. Como tal devem ser respeitados e rentabilizados.

Sem oportunidades e tempo, não poderíamos mostrar quem somos, o que
somos capazes de fazer, o que aprendemos. Foi através da oportunidade de
apresentar uma ideia de negócio que ganhei um prémio que me permitiu
chegar a pessoas como o Manuel Forjaz, que me deram o tempo de
aconselhar e a oportunidade de mostrar o que sabia fazer.

 

Através dessa oportunidade cheguei a todas as pessoas que conheço hoje.
Fiz o meu primeiro nível de networking, ganhei credibilidade suficiente
para me poder apresentar como o jovem que tinha ganho a melhor ideia de
negócio e que estagiava com o Manuel Forjaz. Nada disso me fazia sentir
mais importante, mas através do tempo que o Manuel Forjaz
disponibilizava para falar comigo, me convidar a tomar o pequeno almoço,
de cada conselho, pude crescer e aprender a saber chegar a todas as
pessoas que queria, a saber focar-me, a gerir as minhas ideias, a ser
mais inteligente na forma de pensar, a usar bom senso. O prémio e esse
estágio deram-me a oportunidade de dar os primeiros passos. Mas sem o
tempo do Manuel e as oportunidades que o prémio gerou juntamente com o
estágio, não era o que sou hoje, não teria a YEN e não estava a estudar
nos EUA.

 

Por vezes na vida apenas de precisamos de ganhar alguma confiança.
Precisamos apenas do tempo de alguém em quem acreditamos e sabemos que
esses conselhos funcionam. Precisamos apenas de sentir que somos
capazes. No entanto alguém nos tem de dar o pequeno empurrão,
mostrar-nos que é possível, limar os erros que estamos a cometer,
aprendermos a focarmos-nos e a concentrarmos-nos no que é importante
para onde queremos chegar.

 

O meu tio deu-me a oportunidade para vir gerir toda a área financeira e
de marketing da empresa dele de construção nos EUA. Sabia que eu queria
aprender inglês e queria dar-me uma oportunidade. Hoje somos um grupo e
após um ano eventualmente vamos duplicar a nossa facturação. Aumentamos
cerca de 35% o número dos nossos recursos humanos e fizemos
investimentos consideráveis na estrutura de produção. Sem o tempo para
poder aprender e mostrar o meu valor, sem a oportunidade de poder errar
para depois fazer bem, hoje não estaria aqui, com uma bolsa de estudos, a
fazer investigação, o sonho de estudar nos EUA e com um trabalho que
muito me orgulha.

 

Muitas outras pessoas já me deram uma oportunidade e tempo delas.

(…) já gastaram horas e horas a conversar comigo, a aconselharem-me. Fizeram-no em almoços e jantares
que fizeram questão de pagar, através do telefone, skype, facebook..
usaram tempo que podiam ter utilizado para os seus negócios, família,
amigos, mas acreditaram que valia a pena gastar comigo, porque acho eu
perceberam que eu dava valor a uma oportunidade e ao tempo deles e que
iria usar ao máximo tudo o que recebia deles. Além do tempo todos eles
me ofereceram oportunidades.. oportunidade de trabalhar.. de estagiar..
de conhecer as pessoas certas..

 

Para concluir, dêem valor às oportunidades, ao tempo dos outros, à
informação que recebem de forma gratuita e como o meu pai me dizia, a
melhor forma de retribuir é usar da melhor forma os dois recursos
escassos que recebemos, provando que somos merecedores de obter esses
dois recursos. Espero até hoje a todas as pessoas que me forneceram
esses dois recursos, terem orgulho ou poder mostrar que merecei receber
tudo isso deles.

 

Obrigado mais uma vez…

Visite a rede social YEN em www.yenportugal.com

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt