Jornais norte-americanos criam modelo de publicidade ajustado aos resultados

 

«O objectivo é atrair novos anunciantes e o novo modelo garante que se uma série de anúncios não resultar num aumento de 10% no volume de vendas, a última publicidade da série será gratuita.

Segundo publica o Diário Económico, a ideia parte da Newspaper National Network – composta por 25 grupos de imprensa norte-americanos –, que está já a delinear acordos com marcas nacionais de bens de grande consumo.

De acordo com a mesma notícia, este novo modelo publicitário vem no seguimento de um conjunto de testes, realizados nos últimos dois anos, tendo estado envolvidas oito marcas no processo, entre elas a PepsiCo e a Procter & Gamble – dois dos maiores anunciantes nos EUA.

Os indicadores favoráveis revelaram que todas as marcas aumentaram as vendas, com uma média de crescimento de 16%.»

(Fonte: Diário Económico, in Briefing 21/09/2010)


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt