Escolas Empreendedoras Ano Letivo 2014-15: Apresentação de Resultados

Numa Sociedade aberta, em que todos nós somos livres de ter opiniões diferentes, torna-se importante obter uma melhor compreensão da realidade com que temos de nos debater, evitando o recurso a métodos de simplificação assentes em preceitos morais, metáforas, generalizações e até mesmo em ideologias do ponto de vista político.

De facto, perante situações mais ou menos complexas quantos de nós não fomos já influenciados por mensagens pré-concebidas e sem qualquer suporte em factos reais, para nos sentirmos minimamente confortáveis para dessa forma evitarmos ter de pensar em realidades desagradáveis?
Naturalmente que a definição de verdade e particularmente a sua posterior sustentabilidade não é fácil de construir, qualquer que seja a realidade complexa que nos propomos observar. Sempre que possível devemos tentar obter o maior número de evidências que permitam a cada um dos interessados formar a sua própria opinião.

Vem esta minha reflexão a propósito da visão distorcida que se continua a transmitir sobre a verdadeira importância da Educação Empreendedora ao mesmo tempo que se continua a assistir impávida e serenamente a um sistema educativo, fortemente implementado na generalidades dos países europeus, que continua a privilegiar currículos que fazem dos nossos alunos verdadeiras enciclopédias ambulantes, mas que dificilmente os tem preparado para as suas responsabilidades futuras como, com raras exceções, se tem vindo a constatar.

Defendendo que ao atuarmos, criamos a nossa própria realidade, considero importante dar a conhecer os Resultados alcançados no Programa Escolas Empreendedoras – implementados no Ano Letivo 2014-2015 ao longo do País, por parte da Equipe GesEntrepreneur, dando suporte à visão estratégica de quase uma centena de responsáveis autárquicos, a quem agradeço a confiança depositada – de maneira a que seja possível estudar e avaliar esses resultados precisamente numa altura em que iniciamos um novo Ano Letivo, ao longo do qual, voltaremos a atuar e a criar novas realidades.

Nesse sentido e tendo presente que os citados Resultados já possuem uma massa crítica e um impacto ao nível da Comunidade Escolar e Regional de algum relevo – 86 Municípios, 680 Professores participantes, 776 turmas envolvidas, 15.046 Alunos formados e 934 ideias geradas e desenvolvidas – gostaria de vos convidar a visualizar o vídeo que passo a apresentar.

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas.

Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de

risco e empreendedorismo, investidor particular (“business angels”). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2017 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt