Parlamento inclui investidores de capital de risco no combate ao terrorismo

Foi aprovada na generalidade, a proposta de lei do governo que obriga os investidores de capital de risco a prestar informações às autoridades sobre «acções suspeitas» de branqueamento de capitais e financiamento de terrorismo. Esta proposta de lei transpõe para a lei nacional duas directivas comunitárias e dá seguimento a 49 recomendações internacionais.

 

[artigo completo] in Diário Digital / Lusa

 


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels") e Presidente da FNABA (Federação Nacional de Associações de Business Angels). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

© 2020 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt