O Jornal PÚBLICO errou… mas a Justiça funcionou!

O Jornal Público errou… mas a Justiça funcionou!

Encerrou-se, no passado dia 25 de Maio, o processo relacionado com a ação judicial que intentei, em meu nome pessoal e da GESBANHA, contra o Jornal PÚBLICO a propósito da notícia por este publicada, em 13.05.2015, que procurou atentar contra a minha honra e reputação e tentou colocar em causa a credibilidade da empresa que criei e tenho vindo a gerir, felizmente com sucesso, há mais de 30 anos.

Recordo que, no dia 18.05.2015, em reação à aludida notícia, emiti publicamente uma comunicação onde expressamente referi que iria avaliar o desenvolvimento dos efeitos provocados pela mesma e que reagiria em conformidade. E assim foi. Os efeitos provocados atentaram manifestamente contra o meu bom nome e o da Gesbanha, não me deixando alternativa, para repor a verdade, senão recorrer às instâncias judiciais.

Tive que esperar dois anos para lograr alcançar o esclarecimento da verdade. Mas esta espera valeu inteiramente a pena.

Tal como se poderá ler no extrato abaixo reproduzido, o Jornal PUBLICO, na edição de hoje, e também na versão on-line, assumiu que errou, desmentindo – de forma merecida e justa – que “O título da notícia “Estado contrata contabilista da Tecnoforma para gerir créditos do BPN, publicado em 13 de Maio de 2015, foi propício a induzir em erro os leitores do Público quanto às funções da GESBANHA junto da PARVALOREM, já que a mesma não envolvia contratualmente a gestão de créditos do BPN”. Mais acrescentou que “Nunca foi intenção do Público difamar o Dr. Francisco Banha ou o Dr. Francisco Nogueira Leite, nem a GESBANHA, nem a PARVALOREM, pelo que se lamenta quaisquer inconvenientes que tenham sido causados aos visados”.

Tratou-se, pois, de um erro grosseiro e desnecessário, mas que ao ser esclarecido repõe a verdade dos factos com que a honra e a dignidade se reparam.

E esse esclarecimento, em nome da verdade, significou uma vitória para o bom nome e reputação que a GESBANHA sempre defendeu. E, para mim, pessoalmente, que vi o meu nome a ser publicamente enxovalhado pelos mais diversos meios, resta-me apenas dizer que pela HONRA pode-se, e deve-se ir até às últimas consequências para que esta, jamais, seja perdida!

À equipa dos meus colaboradores, e a todos aqueles que em mim sempre acreditaram, envio o meu profundo agradecimento.

 

O Jornal Público errou… mas a Justiça funcionou! – Clique para uma maior resolução


Licenciado e Mestre em Gestão de Empresas. Presidente da Gesbanha, S.A., especialista em capital de risco e empreendedorismo, investidor particular ("business angels"). Director da EBAN e da WBAA

Share This Post

Related Articles

Comente o Post

*

© 2017 Francisco Banha Blog. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Designed by Theme Junkie · Adapted by KMedia.pt